domingo, 17 de julho de 2016

juras secretas


esta cerca de arame farpado
rasga meus nervos e músculos
nos tecidos do amor que não tivemos



jura secreta 84

a língua lambe a palavra
na miragem meta física
metáfora de fogo 
na ponte que atravessamos
para o outro lado do poema

ela passeia entre os fios elétricos
dos meus dedos e músculos
onde andorinhas
não conseguem decifrar

se eu desatar os nós do teu umbigo
desvendaremos as pirâmides do Egito
tocaremos infinitos
pra muito além do além mar



jura secreta 85

a menina de unhas azuis
tem no cais olhos de luz
como um peixinho dourado
na tatuagem das costas

sob os tecidos oculta
na tua língua mil falas
com seus biscoitos de folhas

o chocolate entre os dentes
quando seu beijo é de menta
em teu pulsar imaginário
na pele e pelos um  relicário
que só um dedo roçou
nalguma cena em suspense
que Fellini nunca pensou

projeto foto poesia
FULINAÍMA MultiProjetos
Artur Gomes - poesia e fotografia
Hanna Mussi - fotografia e arte final
portalfulinaima@gmail.com

(22)99815-1266 - WhatSaap


Nenhum comentário: