quarta-feira, 13 de abril de 2016

poètika



só por ironia
posso amar o teu desprezo
ser feliz no desengano

tenho uma doença incurável
de gostar de ser humano

Artur Gomes

Nenhum comentário: