terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Netuno Flutuante

para Érica Ferri

apesar dessa neblina densa na janela
e saber que esta fome de amor
me faz pintar o céu em aquarela
nessa tarde cinza embaixo do cobertor

os pássaros ainda voam
os homens ainda falam
uma garça branca de botas
não beija um pato selvagem
como se fosse um peixe com asas
poetas fossem medusas
palavra que te lambuza
no quarto escuro da casa

Artur Gomes
http://poeticasfulinaimicas.blgspot.com

Nenhum comentário: